Plano de saúde cobre prótese de joelho?

prótese de joelho

Plano de saúde cobre prótese de joelho?

Existem muitos casos de indivíduos que procuram investir em plano de saúde com o propósito de determinadas consultas, tratamentos, avaliações ou atendimentos de algum profissional/clínica, com a expectativa de que o plano de saúde forneça uma qualidade melhor de cuidados e maior atenção do  profissional em qualquer hora, situação e sem preocupações que normalmente  existem no sistema gratuito de saúde.

Um desses casos, trata-se da procura por planos que incluem próteses. Mas, é primeiro importante analisar cada empresa e cada plano de saúde, apesar de todos serem responsáveis e obrigados a seguir o padrão e as normas de lei da ANS (Agência Nacional de Saúde).

É importante saber que cada plano de saúde funciona de uma maneira, por um valor determinado, então lembre-se sempre que se pretende contratar por um serviço, profissional ou clínica específico, pesquise e analise antes.

A prótese de joelho é um dos atendimentos que possuem determinadas regras para estarem ou não incluídos. Atente-se.  

O que é o tratamento que inclui a prótese de joelho? 

A prótese de joelho de acordo com a ANS, é todo aparelho permanente  ou transitório que tem como funcionalidade substituir parcialmente ou totalmente  o membro, neste caso, para substituir e fazer as funções do joelho.

Lembrando  que cada caso necessita de um tipo de atendimento, depende muito do grau de perda do membro e das circunstâncias.

As próteses podem ser implantadas ou não, ainda tendo a variação para “órteses”, semelhante ou se classifica como uma prótese, mas tem como objetivo de auxiliar nas funções do membro evitando deformidades ou a piora do caso. 

Plano de saúde cobre prótese de joelho? O que a legislação afirma sobre? 

Em relação à legislação que afirma que o plano de saúde deve ou não cobrir o processo todo de prótese de joelho, depende muito da situação no qual o paciente se encontra, ou seja, sua necessidade.

De acordo com a ANS  (Agência Nacional de Saúde), o plano só possuir a obrigação de fornecer por lei (Lei n° 9.656/1998) próteses que se trata de uma prótese implantada, ou seja, que seja necessária a realização de cirurgia, e ainda que seja aprovada no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde.

Ou seja, essa lei impede que o plano de saúde seja obrigado por lei a fornecer próteses que não sejam do tipo implantadas. Mas, não impede que a empresa forneça categorias de planos ou serviços adicionais que possam oferecer as variações de próteses e de possibilidades que são disponibilizadas no mercado de saúde.

É importante se atentar na empresa e na proposta dos planos e serviços disponibilizados. Faça uma pesquisa e atente-se nas questões de cada plano, e principalmente no que a Agência Nacional de Saúde fornece.

Nenhum comentário

Publique um comentário

Secured By miniOrange